— Pessoal, na época em que o Projeto AMPLO foi lançado, muito se falava a respeito de redes de tecnologia da informação garantirem mais segurança e confiabilidade na informação. Será que isso chegou a ser verdade?

— Acredito que as redes sejam mais seguras do que a metodologia de registro em papel, uma vez que papéis são perdidos, rasgados e roubados com muito mais facilidade, a exemplo os comprovantes de depósito e extratos de banco, em que a tinta apaga após um ano…

— Se a informação, mesmo que seja digital, é controlada por alguns poucos interesses, fica difícil que ela se mantenha confiável…

— O que fazer então? Voltar a usar papel impresso?!

— Há organizações que têm trabalhado com isso… E acredito que vamos descobrir formas de obter maior transparência ao longo do desenvolvimento do projeto…

— Achei algo relacionado sobre um escândalo de um tal SIRESP….

— O que significa SIRESP?

— Operadora da Rede Nacional de Emergência e Segurança de Portugal, resultante de uma parceria público-privada com o Ministério de Administração Interna.

— Não confundir com o brasileiro SIRESP – Sindicato da Industria de Resinas Plásticas. http://www.siresp.org.br/

— Pelo que sei, o estado Português a utiliza como ferramenta para muitas soluções institucionais e tecnológicas, prometendo atender as emergências e garantir a segurança e o bem-estar das populações.

— Encontrei estas informações no site da empresa:
http://www.siresp.com/

— Mas para entender melhor como funciona esta rede, podemos analisar o conteúdo publicado neste link — https://mercadeus.wordpress.com/2015/09/15/lancada-polemica-novela-portuguesa/ — que tem uma auto biografia da Pessoa Jurídica SIRESP, toda semana é lançado um novo capítulo.

— Interessante… Será que estas informações são verdadeiras?

— Olhe! Achei outra fonte que fala sobre corrupções de uma SIRESP…
http://www.publico.pt/sociedade/noticia/estado-gastou-485-milhoes-em-negocio-que-valia-um-quinto-1330851

— Achei que o país da corrupção no século XXI fosse o Brasil…

— Talvez tenha aprendido com seus colonizadores…

— Ou será que nasceu aqui e se espalhou para o resto do mundo?

— Acredito, baseado em dados, que todos possam ter sido culpados… Mas somente investigando mais a fundo para ter certeza…

— Certeza absoluta nunca teremos… apenas fortes indícios, cada vez mais claros… Boa noite, pessoal!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s