As Músicas de MercaDeus… Mercadorias ou Presentes Divinos…?

– Temos muita música à nossa disposição… – Para todos os gostos, ouvidos e culturas… – Existe música até mesmo para surdos, já que vibrações podem ser sentidas pelo corpo, e não somente ouvidas… – Mas será que o que estamos ouvindo é bom? – Dizem que é relaxante, solta nossas emoções, nos liberta, e muito mais! – Só que os sons nos afetam de todo o lado, tem pouco momento de silêncio… – Será que esse bombardeio sonoro é bom? – Bom… dizem que ajuda a escapar da morte… afinal, música é movimento, é vida! – Parece que há muitas controvérsias a respeito disso… – Mas, afinal, estamos educando direito nossos ouvidos, bocas e instrumentos? – E essa música? Qual o efeito a longo prazo no nosso corpo? –

– Materiais nos exibem que há uma escala de sons curativos, harmoniosos e que dão um bom efeito em nosso corpo. – Eles são chamados solfeggios, ou solfejos. – São uma frequência, uma nota contínua, emitida por um instrumento que deixa ela agradável, e vários sons que harmonizam com ela… – parece que tem uma relação matemática interessante entre esses sons…

– Uma frequência muito usada é a que vibra 432 vezes por segundo no ar ou em qualquer líquido… chamada Lá – Mas, parece que a nota Lá pura na escala ocidental vibra 440 vezes por segundo, ou 440 Hz – Essa frequência é considerada desarmoniosa por estudiosos dos solfeggios… – Que afirmam que ela causa desequilíbrio entre as funções do corpo, mente e espírito…

– Estas notas do sistema musical ocidental, são, apesar de tudo, as notas precisas… – Mas que, ao que é indicado, não harmonizam direito com o ser humano… – Será que tamanha precisão nas notas musicais não causam uma falsa sensação de ‘poder’, de ‘exatidão magnífica e absoluta’ para quem as toca? – Será que a pessoa não se sente acima de tudo por produzir tais frequências?

– Isto tudo é possível… mas somente um estudo aprofundado delas e da escala musical mais a fundo pode nos dizer isso… – A escala temperada de sons é baseada na frequência de 440 Hz, a nota Lá pura. – E então, esse número é dividido ou multiplicado várias vezes por 1,059463… para achar as outras notas musicais… – Mas por que esse número em específico? Não podia ser 2, 1 ou 1,5? – A resposta é não, pois este número em especial é que divide o som de maneira idêntica nos instrumentos, para que as vibrações sejam exatas e compatíveis entre si… – Tanto que, a mesma nota, Lá 440 Hz, se você multiplicar ela 12 vezes por 1,059463…, vai obter 880, que é o dobro de 440. – E sai uma nota Lá mais aguda… – Ou seja, este número é uma fração perfeita de 2, tal que, se você multiplicar ele por ele mesmo 12 vezes, vai obter 2. – Então, ele é a raiz décima segunda de 2. – Mas por que 12 e não 7? Temos 7 notas musicais! Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si – Na verdade, podemos distinguir 12 sons diferentes em termos de notas musicais… e isso foi usado para construir a escala musical ocidental…

– Mas, parece que, apesar de esses sons serem equilibrados em matemática, são desarmoniosos com nosso corpo… – Poderia esse verdadeiro ‘vírus musical do desequilíbrio’ ter uma ligação com o vírus MercaDeus? Já que nossas obras musicais estão lotadas destas ditas desarmoniosas notas…?

– É uma forte possibilidade, e por isso, temos que reorganizar nossa mente e nossos padrões musicais, para curar nossos ouvidos e nosso espírito… – Além do solfeggio de 432 Hz, há diversos outros, como os chamados 6 perfeitos, de 396 Hz, para curar a culpa e o medo… – 417 Hz, para superar traumas… – 528 Hz, para curar e aperfeiçoar o DNA… – 639 Hz, para melhorar relacionamentos… – 741 Hz, para desenvolver a intuição… – E 852 Hz, para lembrar de seu caminho espiritual… – Além deles, tem também 174 Hz, para curar dores físicas… – 285 Hz, para curar órgãos feridos… – e 963 Hz para conectar o ouvinte com um canal chamado de Luz… – Além deles, temos mais a frequência Master, de 1122 Hz, para meditação espiritual intensa… que deve ser bem suave por ser bem agudo…

– Todos esses sons, e mais os de 186 Hz, 297 Hz, 318 Hz, 429 Hz, 531 Hz, 642 Hz, 753 Hz, 864 Hz, 975 Hz, 159 Hz, 261 Hz, 372 Hz, 483 Hz, 594 Hz, 615 Hz, 726 Hz, 837 Hz, 948 Hz… São para realizar verdadeiros trabalhos em diversas áreas…

– Há muito materiais sobre isso… no século 21 das realidades B e F, algumas equipes encontraram muitos websites que falam sobre isso… – Esse aqui https://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://soundsofwonder.com/effects.htm&prev=search mostra resumidamente para que serve cada uma das frequências faladas…

– Em breve, creio que iremos localizar essas equipes, para poder comunicar esses sites nesta página…

– Vejam! Achei um link em que consta um projeto que busca difundir essas músicas mágicas em todo lugar!! – Qual link? – https://orquestraaleatoria.wordpress.com, que leva para a página do Projeto Orquestra Aleatória!!

– Certo. Por agora, meus caros, nosso tempo acabou… voltaremos a nos reunir futuramente para continuarmos nossa missão musical, em breve… Um abraço a todos, e… Até Uno!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s